Trajetória da Cliever é destaque em matéria sobre startups gaúchas em ascensão

Quando o assunto é empreender, o Rio Grande do Sul ocupa lugar de destaque entre iniciativas que começaram embrionárias e, aos poucos, tomaram forma e ganharam corpo nos mais variados segmentos. Empresas que começaram com uma pequena ideia mas que, ao oferecer soluções para problemas do dia a dia, sejam eles enfrentados por pessoas ou outras empresas, conquistaram mercado e se expandiram. Grande parte delas são de startups, ideias de negócios quase que integralmente digitais, sem um local fixo para se estabelecer.

Foi assim que surgiu a Cliever, fruto do projeto Raiar, incubadora de empresas da TecnoPUC, em Porto Alegre. Após 4 anos de muita dedicação e esforços para desenvolver o negócio, hoje a empresa ocupa um prédio de 500m² divididos em área industrial e administrativa, na zona norte de Porto Alegre, e já oferece ao mercado cinco modelos de impressoras 3D com tecnologia de fabricação por filamento fundido e estereolitografia.

O crescimento da empresa e o destaque ocupado nacionalmente no segmento de impressão 3D, foi pauta para matéria do Jornal Zero Hora (leia a matéria na íntegra aqui) que versou sobre os sonhos e desafios dos criadores de startups no Rio Grande do Sul. Nela, o fundador e CEO da Cliever, Rodrigo Krug, revela um pouco do início da empresa e do tempo em que precisou arrecadar investimentos para a sua até então desconhecida startup.

Na reportagem, Krug fala da projeção de faturamento da empresa para 2016: R$ 2,4 milhões, inclusive com vendas para companhias como a Embraer. Mas o início, em busca de investidores, não foi fácil: “Bati na porta de todos os bancos. Eu tinha apenas um protótipo e uma empresa que era eu, sozinho. Para conseguir meu primeiro investimento, fui 15 vezes para São Paulo. Aqui no Sul, não havia fundos. Quiseram investir na gente um ano e meio depois”, conta.

2012: um marco importante na trajetória da Cliever

Foi em 2012 que a Cliever deu os primeiros passos em busca de projeção nacional. Krug apresentou pela primeira vez na Campus Party, em São Paulo, maior evento de tecnologia da América Latina, uma máquina de impressão tridimensional desenvolvida por ele, em casa.

Sem pensar muito, pegou sua impressora 3D e a levou para uma feira de empreendedorismo dentro do evento. Falou com jornalistas especializados em tecnologia como se estivesse com tudo planejado. Não tinha nada. Ele nem havia estabelecido um preço para o produto. Quando perguntado, falou o que veio à cabeça: R$ 4,5 mil. “Conseguimos chegar na hora certa, com o produto certo, vendendo uma impressora a menos de R$ 5 mil, que na época tinha apenas uma concorrente fora do Brasil, com produto que custava R$ 60 mil. Esse preço foi um erro absurdo para a empresa, mas talvez se eu tivesse colocado mais, não teria dado aquele boom”, relembra.

Das vantagens de negociar impressoras 3D para o mercado interno, Krug ressalta que o produto se torna competitivo, pois as máquinas importadas chegam aqui com valores mais elevados devido aos tributos e ao câmbio. Daqui para diante, a principal aposta da empresa é se tornar grande em exportação.

5 dúvidas que todo mundo tem sobre impressão 3D

As impressoras 3D chegaram para revolucionar os processos de impressão. Seja para fins domésticos ou industriais, a tecnologia de impressão 3D ganhou relevância e promete estar cada vez mais presente no dia a dia das pessoas.

Quando falamos em impressoras 3D, porém, muitas dúvidas vêm à tona. O que é normal, afinal a tecnologia é relativamente recente e ainda pouco explorada, apesar de ter se popularizado muito nos últimos anos.

Se você pensa em adquirir uma impressora 3D da Cliever, seja para empreender, para uso doméstico ou em larga escala, listamos a seguir algumas dúvidas que podem surgir na hora da compra. Confira:

1) É simples operar uma impressora 3D?

Assim como na impressão convencional, quando formatamos o arquivo no computador, abastecemos a impressora com papel e aguardamos o documento final, na impressão 3D o que muda é a matéria-prima e o software usado para criar o projeto. O processo, como um todo, é simples. As impressoras podem ser operadas por qualquer pessoa sem grande complexidade. Ter conhecimento prévio de softwares de edição pode ajudar na hora de projetar os objetos a serem impressos. Veja nesse vídeo o passo a passo para operar a Cliever CL2 Pro.

 2) Qual é a matéria-prima necessária para impressão?

São diversos os tipos de filamentos encontrados no mercado e que podem ser usados no equipamento. Cada material apresenta características peculiares que influenciam diretamente na resistência, flexibilidade e acabamento dos objetos. Os dois filamentos mais usados na impressão 3D são o PLA e o ABS.

3) Qual o tempo estimado para a impressão de um produto?

A impressão 3D pode levar de poucos minutos a algumas horas. Em linhas gerais, o que vai determinar esse tempo é o tamanho e a definição do objeto e, claro, o tipo de impressora usada. O processo é um pouco lento, pois segue a dinâmica da sobreposição de camadas. No caso da impressora estereolitográfica, o processo é outro, pois no lugar dos filamentos, entra a resina líquida na concepção das peças.

4) Que tipos de objetos podem ser impressos?

A variedade de objetos que podem ser fabricados é bastante extensa.  Por isso a impressão 3D tem se tornado uma fonte rentável para pessoas que pensam em empreender. É possível ter uma pequena produção caseira em casa, com destaque para joias, esculturas, miniaturas e objetos decorativos. Na indústria, as impressoras 3D podem fabricar próteses, protótipos de produtos, peças para máquinas, entre outros inúmeros produtos.

5) É possível imprimir em mais de uma cor?

Sim, existe essa possibilidade. Para isso, você precisa fazer uso de uma impressora com dois extrusores, ou seja, duas cabeças de impressão. Cada extrusor pode trabalhar com um filamento de cor diferente, garantindo a produção de objetos com até duas cores ao mesmo tempo.

Do virtual para o real: faça sua Pokebola com a impressora 3D da Cliever

A saga Pokemon voltou com tudo após o lançamento do Pokemon Go. O jogo de realidade aumentada para smartphones virou mania mundial. Não há quem resista em baixar o game para capturar os monstrinhos direto da tela do celular. É pura diversão!

E é claro que a gente também entrou nessa brincadeira! Produzimos uma super Pokebola na impressora CL2 Pro da Cliever de 1 extrusor. A peça foi impressa em 6 partes com filamento PLA 1,75mm nas cores preto, branco e vermelho. As partes maiores levaram cerca de 3 horas para ficarem prontas.

Compartilhamos com você o passo a passo com cada etapa da montagem e o resultado final.

pokebola-desmontada.3d

pokebola-desmontada-em3d

pokebola-montada-em-3d

 

Curtiu a ideia? Agora desafiamos você a entrar na onda do Pokemon Go e imprimir também a sua Pokebola. Vale criar, ainda, alguns monstrinhos para mergulhar de vez nessa febre que tem feito o maior sucesso também no Brasil. Dê asas a sua criatividade!

 

IMG_20160811_132230475

 

Na mídia: Cliever é destaque no Jornal Diário de Pernambuco

A Cliever foi uma das fontes ouvidas pelo Diário de Pernambuco em matéria publicada pelo jornal sobre tecnologia de impressão em 3D. Para demonstrar as possibilidades dessa tecnologia e a transformação que as 
impressoras 3D
trouxeram para os processos de produção, o veículo entrevistou o CEO da Cliever, Rodrigo Krug.

Na ocasião, Rodrigo também falou sobre as perspectivas da empresa para o mercado do Nordeste, que representa, hoje, 8% do volume de negócios da Cliever. Nesse cenário, Pernambuco aparece como o 3º estado com maior representatividade na região, com 13% de participação.

Sobre o aumento da procura por impressoras 3D, Krug observou que esse comportamento tem relação com os preços dos equipamentos que, segundo ele, ficaram mais acessíveis desde o boom dessa tecnologia no Brasil. “Já temos em nosso portfólio pequenas máquinas de R$ 5,8 mil até as mais profissionais que chegam a custar R$ 32 mil. Com elas, é possível explorar mercados iniciais, startups e até médias empresas. O custo de produção é muito pequeno e os setores são inúmeros. Com uma máquina dessas, pode-se produzir acessórios, objetos decorativos, peças automobilísticas e até próteses”, assinala Krug.

Para ampliar a penetração no mercado nacional de impressoras 3D, e especialmente em Pernambuco, Krug enfatizou que a empresa tem buscado parcerias com grandes indústrias e hospitais na região. “Temos interesse em parceiros no polo de Goiana, em Suape, no Porto Digital e no C.E.S.A.R. Queremos desenvolver novas possibilidades para essa tecnologia e sabemos que Pernambuco é o local certo para isso”, completou.

Faça você mesmo: Expositor Colmeia

Que tal levantar as mangas e fazer com suas próprias mãos?? Garantimos que é muito fácil e o resultado é muito bacana!

IMG_7834

Aqui na Cliever, a prateleira hexagonal é usada para expor as impressões mais diversas na nossa sede, e quem criou foi o nosso CEO, Rodrigo Krug, que não via muita graça nas compradas prontas e decidiu pôr as mãos na massa. Basicamente, ela é feita de chapas de madeira com conectores impressos em 3D. Se você também quer fazer uma, siga essas dicas!

Para montar uma prateleira igual a nossa, você vai precisar de:
• Parafusos flipboard 3,5X30
• 38 chapas de MDF ou compensado, 30cm X 20cm e 15mm espessura
• 28 conectores laterais
• 32 conectores centrais

Comece pelo download dos arquivos que o Rodrigo projetou, clicando aqui.

IMG_7876

Sugerimos imprimir vários ao mesmo tempo na sua impressora Cliever. Nos modelos CL2 Pro e CL2 Pro Plus, você consegue imprimir 6 conectores centrais por vez!

software

Depois de finalizada a etapa das impressões, parta para o encaixe das chapas nos conectores. Fizemos este esquema para ajudar você com as conexões necessárias.

prateleira

 

Depois de encaixados, aparafuse a prateleira para reforçar a sustentação e ter certeza de que ficarão bem firmes.

IMG_7837

 

Depois disso, já está pronta para expor o que você quiser!

Lembre-se de que por ser modular, as possibilidades são infinitas! Você pode modificar de acordo com suas necessidades, aumentando ou diminuindo o número de colmeias.

Se você montar uma, manda uma foto pra gente :)

IMG_7842 IMG_7835

 IMG_7841 IMG_7840

 

 

13 modelos para imprimir e realmente facilitar sua vida

Sabe quando você olha em volta e percebe que tá precisando de algo, mas nem sabe direito onde comprar? Pois bem, há chances muito grandes de que você consiga imprimir essas coisas em 3D, sabia?! Conheça aqui 13 modelos para imprimir e realmente facilitar sua vida.

1 – ICableGuards

container_icableguards-free-4-limited-time-3d-printing-64882

Todo mundo aqui já viu seus cabos desgastarem próximos ao plug por falta de proteção né? Com esses protetores de cabos você pode esquecer disso!

2- Prateleira Steampunk

container_steampunk-shelf-support-3d-printing-63829

Se você é louco por tudo que é Steampunk por que não ter uma prateleiras dessa na sua casa ou escritório? É só imprimir!

3- Organizador de pequenas peças

container_stacking-screw-and-tool-boxes-3d-printing-19457

Se você tem muitos pregos, parafusos, agulhas, alfinetes ou qualquer pequena peça que precise de organização, que tal imprimir um organizador do jeito que você precisa e do tamanho que você quer? Então bora nessa!

4- Gancho para mesa

container_arm-shaped-hook-3d-printing-23457

Guardar qualquer coisa quando você vai a um lugar público nunca é uma tarefa fácil, normalmente casacos, guarda-chuvas, bolsas e mochilas tornam-se um incômodo, mas com esse gancho para mesa que aguenta até 20kg isso não será mais um problema.

5- Chave Inglesa

IMG_3613

Perdeu sua chave inglesa e precisa muito usá-la? Sem stress! Imprime uma aí!

6- Puxador 

container_3d-printable-generic-cabinet-knob-3d-printing-27748

Dá raivinha quando aquele puxador se solta e não prende mais, também dá raivinha quando você quer redecorar a casa e não encontra os puxadores ideais, bem… se você imprimir seus novos puxadores essa raivinha será substituída por alegria facilmente.

7- Organizador de Ferramentas

container_pegstr-pegboard-wizard-3d-printing-25322

Com esse organizador de ferramentas você não tem mais desculpas para deixar a sua oficina bagunçada. Imprima tudo e mãos à obra!

8- Guilhotina 

container_miter-razor-3d-printing-32027

Imprima essa guilhotina em casa e facilite os seus trabalhos artesanais.

9- Prateleira para banheiro

container_shower-tray-3d-printing-28547

Organize sua hora do banho, ninguém merece ficar chutando garrafas de shampoo pelo box.

10- Protetor de dedos para cozinha

container_grater-finger-protector-3d-printing-16454

Quem nunca morreu de medo quando estava ralando algo na cozinha que atire a primeira batata! Olha que simples e fácil de imprimir o protetor dos seus deditos!

11- Saboneteira 

container_dripping-soap-holder-dish-3d-printing-19270

Usa sabonete em barra e sempre fica aquela nojeira porque o sabão fica derretendo? Esqueça isso com essa saboneteira prontinha para o sabão secar depois que for usado.

12- Organizador de mesa

container_desktop-organizer-3d-printing-2637

Fácil de imprimir e mais fácil ainda de deixar sua mesa organizada.

13 -Luminária

container_zuzanna-lamp-3d-printing-16164

Quer uma luminária estilizada, mas não tem como gastar trilhões de dinheiros? Imprime uma aí e na hora de redecorar você só precisa encontrar outro modelo para imprimir.

Impressão 3D garantindo acessibilidade – Veja 5 peças que podem auxiliar a vida de pessoas com deficiência

Nós já sabemos que as impressoras 3D chegaram para revolucionar o mundo e apontar conquistas tecnológicas cada vez maiores com peças complexas e cheias de detalhes, mas que tal usarmos as impressoras 3D de forma simples e com peças que não têm detalhamento tão grande para facilitar a vida das pessoas à nossa volta?

Pessoas com deficiência sempre dão um jeito de facilitar suas tarefas diárias com alguns aparelhos ou até algumas gambiarras aqui e ali, infelizmente o mercado para auxiliar estas pessoas é pouco desenvolvido e muito caro para quem consome. Porém, com o auxílio da impressão 3D estas tarefas podem se tornar mais acessíveis financeiramente e ainda mais simples de executar. Vamos conferir!

Segurador de talheres, copos e caneta

3dp_ten3dpthings_spoon_holder

Esses itens de suporte são perfeitos para qualquer pessoa com controle limitado das suas mãos ou com pouca força na pegada. Uma das coisas mais legais desse design é que eles não envolvem velcro que podem ser desconfortáveis ou sujam com facilidade. Ele é simplesmente um clip para a mão que segurará tudo em seu lugar, não parecerá intrusivo e garantirá independência para quem o usa.

3dp_ten3dpthings_pen_holder

E claro, como qualquer impressão 3D, ela pode ser impressa em cores diversas, para dar personalidade ao equipamento, e como as peças são pequenas, são fáceis de transportar.

3dp_ten3dpthings_cup_holder

Se quiser baixar é só clicar aqui, aqui aqui.

Extensor modular para controle de video game

Este extensor para polegar é ótimo, pois pode ser customizado para servir em qualquer pessoa com limitações nas mãos. As pequenas peças podem ser coladas e tomar qualquer forma ou configuração para atender necessidades específicas. Desta forma o controle de video game torna-se utilizável por praticamente todos.

xbox

Quando se fala em deficiência, nós sabemos que tamanho único é algo que exclui muita gente, então poder transformar este controle em qualquer forma para ficar mais confortável é maravilhoso, pois permite que muito mais gente seja incluída no mundo do vide game.

 Gostou e quer imprimir? É só clicar aqui.

Stylus para aparelhos touchscreen

touchscreen

Esse é muito legal! Porque se você tiver um secador de cabelo por aí, pode aquecer levemente a peça e fazer pequenos ajustes para que fique perfeita na mão de quem vai usar. Essa Stylus serve para ipads, iphones e tablets android, também pode ser usada para digitar em teclados, telefones e etc. A ideia é facilitar o toque preciso, pois este exige um controle motor muito fino, o que para uma pessoa com deficiência pode ser uma grande dificuldade.

Se quiser saber informações mais específicas e baixar o modelo é só clicar aqui.

Mini rampa para cadeiras de rodas

Transporte em via pública não é fácil pra quem usa cadeira de rodas, apesar das leis que exigem rampas em todas as calçadas, muitas ainda apresentam aquele degrau que dificulta a locomoção. Este protótipo foi desenvolvido por um designer que usa cadeira de rodas e está em fase de estudos e aprimoramento, mas já dá uma ideia muito legal de como vai ficar né?

3dp_ten3dpthings_chair_ramp_1

Para usar as rampinhas ainda é necessário pedir que alguém as coloque no chão, mas Raul diz que acha a ideia de pedir ajuda super aceitável e não se incomoda.3dp_ten3dpthings_chair_ramp_2

Se quiser imprimir a rampa o link está aqui, mas Raul lembra em seu site que este é um protótipo que não está finalizado e que você assume qualquer risco ao imprimi-lo.

Carrossel adaptado com alças para aparelhos

3dp_ten3dpthings_Device_Carousel_1

Quem precisa de muitos destes aparelhos, certamente precisará de um local para armazenar tudo, e é aí que o carrossel adaptado entra. Ele encaixa em qualquer balcão e pode ser movido caso necessário. Se você quer mantê-lo fixo em um só lugar é só parafusá-lo.

3dp_ten3dpthings_Device_Carousel_2

Mas em vez de explicar como ele funciona, que tal o vermos em funcionamento? Olha esse vídeo que legal:

Gostou? É só usar este modelo aqui.

Modelos 3D: 11 Objetos realmente úteis que você pode imprimir

Parte do processo de impressão é a criação de modelos 3D de alta qualidade. Se você não tem conhecimentos técnicos de modelagem, não precisa se preocupar ou desanimar. Existem muitas comunidades para o compartilhamento de modelos já impressos por outras pessoas e muitos deles gratuitos. Nós selecionamos alguns projetos bem legais e realmente úteis para você imprimir na sua impressora 3D.