Conheça as vantagens de ter uma Cliever CL1 Black

Quer iniciar no universo da impressão 3D, mas ainda tem dúvidas sobre qual impressora adquirir? A Cliever tem boas opções de equipamentos para atender às mais variadas necessidades. A depender da aplicação, a Cliever CL1 Black, modelo mais básico da linha de impressoras 3D da Cliever disponível no mercado pode ser boa opção.

A Cliever CL1 Black faz parte da segunda geração de impressoras 3D da Cliever, projetada para um uso fácil e independente. Além disso, a máquina tem a vantagem de trabalhar de forma autônoma. Os projetos podem ser criados à parte em softwares como o Cliever Studio ou mesmo o Autocad e, após, serem exportados para um formato compatível com a impressora, através de um cartão de memória.

Na tela LCD do próprio equipamento, basta selecionar o arquivo desejado e enviar para impressão. Essa facilidade permite que a impressora trabalhe sem a necessidade de um computador ligado a ela.

Apesar de ser o modelo mais básico de impressoras 3D comercializadas pela Cliever, a CL1 Black funciona muito bem na criação de protótipos e na impressão de objetos sem grande complexidade.

Peça impressa na CL1 Black Edition

Peça impressa na CL1 Black Edition

A tecnologia utilizada é a de fabricação por filamento fundido, camada por camada. O filamento utilizado nesse modelo de impressora é o PLA, material ecologicamente aceito e que não emite odor ou gases tóxicos durante o processo de extrusão.

Ficou interessado na CL1 Black? Então aproveite nossa promoção para adquirir agora mesmo a sua impressora. Compre a CL1 Black e leve grátis 2kg de filamentos e 1 unidade de spray adesivo. A promoção é válida até 1º de outubro de 2016.

Fab Labs: espaços de inovação invadem o universo da educação

Você já ouviu falar em Fab Lab? Como a própria tradução do inglês sugere, são espaços que funcionam como laboratórios de fabricação. O que se sabe é que esse conceito teria surgido no Center for Bits and Atoms (CBA) do Massachussets Institute of Technology (MIT), durante as aulas da disciplina How to do (almost) anything,

Mas qual é a finalidade exata desses laboratórios? Em síntese, funcionam como espaços em que pessoas de diversas áreas se reúnem para realizar projetos de fabricação digital de forma colaborativa e de compartilhamento de conhecimento que personaliza a cultura maker, o famoso Faça Você Mesmo.

O que tem se notado é a expansão dos Fab Labs no âmbito educacional, no intuito de despertar a criatividade, o espírito inventivo e a inovação dos alunos. Até há pouco tempo esses espaços eram frequentados em sua maioria por profissionais com vocação para o empreendedorismo. Os Fab Labs fomentam uma educação técnica informal, onde projetos são concebidos no computador e depois materializados em 3D, especialmente com o uso de impressoras 3D.

Esse movimento tem se mostrado mais acelerado em países de primeiro mundo, mas ganha força também no Brasil. Isso porque a impressão 3D tem demonstrado ser uma das principais tendências educacionais para os próximos anos, enaltecendo o uso de tecnologias inovadoras nos espaços escolares.

Sabemos que há ainda um longo caminho a trilhar, mas os Fab Labs podem, num futuro muito próximo, ampliar a presença em muitas instituições de ensino com potencial para mudar os métodos tradicionais de ensino.

Recentemente, a Cliever produziu um ebook sobre aplicações da impressão 3D na Educação. Nele, você encontra diversos exemplos de como a tecnologia 3D tem sido utilizada em escolas, instituições de ensino técnico, universidades e na pesquisa científica. Para baixar o material, basta clicar nesse link.

PLA. O que é? Vantagens e onde usar?

O PLA é um poliéster termoplástico feito com ácido lático (composto orgânico de função mista – ácido carboxílico e álcool) a partir de fontes renováveis como milho, mandioca, beterraba e, por isso, é biodegradável, compostável e reciclável e não possui nenhum tipo de resíduo tóxico.

Onde pode ser empregado? Continuar lendo

Impressão 3D e medicina: Imprimindo partes do corpo humano com a impressora 3D.

Impressão 3D e medicina uma dupla que promete salvar vidas e possibilitar a melhoria da vida de muitas pessoas!

A tecnologia de impressão 3D existe por quase duas décadas, mas os preços só caíram nos últimos anos e mais pessoas têm sido capaz de fazer uso dela. Consequentemente, nós começamos a ser capazes de investigar o seu vasto potencial. Os objetos da impressora 3d têm sido utilizado como blocos de construção para casas até uma réplica da pele de um tubarão. Parece que as possibilidades são infinitas, e a tecnologia não está prevista para acabar tão cedo.  Continuar lendo